Política

3ª edição de Olimpíada de Saúde Mental reúne 300 atletas

A atividade faz marca o Dia...

 

 

Com 300 participantes de Araraquara, Matão e Américo Brasiliense, a 3ª Olimpíada de Saúde Mental foi realizada nessa sexta-feira (17) no Ginásio Guilherme Fragoso Ferrão, na região central da cidade. O evento promovido pela Secretaria Municipal de Saúde teve apoio da Secretaria de Esporte e Lazer. A atividade faz marca o Dia Nacional da Luta Antomanicomial, lembrado em 18 de maio.

Durante a abertura, o vereador Édio Lopes saudou os participantes e elogiou os organizadores da Olimpíada. “As competições visam a integração social e oferecem oportunidades de todos mostrarem os talentos”, enfatizou.

Entusiasmado, Alexandre Malin, atleta do Crasma (Centro de Referência Ambulatorial de Saúde Mental), mostrou habilidade no arremesso de basquete. “É minha segunda Olimpíada e acertei a cesta. No ano passado, não acertei nada. Agora, eu melhorei e adorei participar”, relatou.

A psicóloga Silvana Onofre, que atua no Crasma Araraquara, resumiu que “as Olimpíadas representam muito para a inclusão dos pacientes ao convívio social e dá visibilidade para os direitos das pessoas”.

“A nota é 10 para a Organização das olimpíadas e o evento reforça aluta antimanicomial. Os pacientes têm direitos à inclusão social”, observou a psicóloga Vanderlúcia Carvalho Souza, integrante da delegação de Matão.

 

Integração

 

SAIBA MAIS.:  Presidente do BNDES está com “cabeça a prêmio”, diz Bolsonaro

Os atletas disputaram provas de arremessos de basquete, festivais de futsal com equipes e cobranças individuais de penalidades, cabo de guerra e jogos de salão (dominó, truco e damas).

Ao final, o coordenador de Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde, Edison Rodrigues, ressaltou positivamente os objetivos do evento. “É um marco para a Saúde Mental e houve a integração social entre as três cidades da região, desde o café da manhã, desfile dos atletas, disputas e premiação”, avaliou.

“Todos são vencedores”, acrescentou a coordenadora de Esporte Lazer, Roseli Gustavo. Vale destacar que a primeira Olimpíada foi em Matão e as duas mais recentes em Araraquara.

Redação

SAIBA MAIS.:  Frentes da Cidadania mudando vidas: “La vie est belle”

0 comentário em “3ª edição de Olimpíada de Saúde Mental reúne 300 atletas

Deixe um comentário

x