Ferroviária

AFE vence fora de casa e está próxima da final

Ferroviária pode até perder por um gol de diferença que garante presença na decisão

A Ferroviária deu passo importante em busca de uma vaga na final da Copa Paulista. O time de Araraquara visitou o Red Bull Brasil, no Moisés Lucarelli, em Campinas, e venceu a partida de ida da semifinal por 2 a 0, com gols marcados ainda no início do primeiro tempo.

Futebol Interior

A partida contou com transmissão da Rádio Futebol Interior, com narração de Mario Celso, comentários de Marcelo Corsato, reportagens de Elson Mariano e plantão esportivo de Carlos Corsato. Além disso, Giovane Paiola comandou a transmissão ao vivo no Youtube.

Como na Copa Paulista não há regra do gol qualificado, o Red Bull precisa vencer por dois gols de diferença na partida de volta, no próximo domingo, na Fonte Luminosa, para levar a decisão para os pênaltis. A Ferroviária pode até perder por um gol de diferença.

Além da vaga na final, a disputa vale ainda presença em uma competição nacional na próxima temporada. O campeão da Copa Paulista pode escolher entre uma vaga na Copa do Brasil ou na Série D do Campeonato Brasileiro e a outra fica com o vice.

SAIBA MAIS.:  Ferroviária apresenta seu primeiro reforço para o Paulistão 2019

A Ferroviária conquistou grande resultado fora de casa e está perto da final (Foto: Thiago Carvalho)

FERRINHA COMEÇA COM TUDO
O jogo mal começou e, no primeiro minuto, a Ferroviária já saiu na frente. Léo Arthur lançou Jorge Eduardo, que bateu na saída do goleiro. A bola ainda tocou na trave antes de morrer no fundo do gol.

O gol fez com que o Red Bull saísse mais para o ataque, mas foi a Ferroviária quem aproveitou o espaço para marcar o segundo em contragolpe, aos 20 minutos. Dessa vez Caio Mancha lançou e Felipe Ferreira foi quem completou para as redes.

O Red Bull tentou responder ainda na primeira etapa, mas não conseguiu descontar. Na melhor chance dos mandantes antes do intervalo, Acácio cruzou e Ytalo quase completou para o gol, mas o zagueiro Elton bloqueou a finalização.

ADMINISTRANDO A VITÓRIA
A segunda etapa teve ritmo mais lento, já que a Ferroviária estava satisfeita com o resultado e passou a administrar o placar. Sem forçar, o time visitante trabalhava a bola e envolvia o adversário esperando o apito final.

SAIBA MAIS.:  Técnico da Ferroviária, Vinícius Munhoz passa por formação na CBF

O Red Bull buscava uma reação, mas não estava em dia inspirado. Nas poucas vezes em que o time de Campinas chegou ao ataque, o goleiro Gabriel Leite demonstrou segurança e evitou que a defesa dos visitantes fosse vazada. Sem muitos lances de perigo, o jogo terminou mesmo com o placar do primeiro tempo: 2 a 0 para a Ferroviária.

Red Bull Brasil

Júlio César;
Lucas Urias (Renan Areias), Anderson Marques, Douglas e Acácio;
Jobson, João Denoni e Léo Castro;
Carlos Renato, Eduardo e Ytalo.
Técnico: Antônio Carlos Zago

Ferroviária

Júlio César;
Lucas Urias (Renan Areias), Anderson Marques, Douglas e Acácio;
Jobson, João Denoni e Léo Castro;
Carlos Renato, Eduardo e Ytalo.
Técnico: Vinícius Munhoz
Fotos créditos: Thiago Carvalho