Saúde

Agentes e apoiadores vão percorrer os bairros e eliminar criadouros do Aedes aegypti

Varredura contra a dengue acontece a partir de 4 de maio

A Prefeitura Municipal, através das equipes de vetores da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, está programando mais uma série de ações de combate à dengue nos bairros da cidade, a partir do dia 4 de maio. Será realizado, com início pela Vila Xavier, uma grande ação de varredura de criadouros nos quintais das residências e também nos terrenos baldios, com a participação de cerca de 300 pessoas, entre agentes e apoiadores.

De acordo com Boletim da Vigilância Epidemiológica divulgada nesta segunda-feira (22), Araraquara possui 8.075 casos confirmados de dengue em 2019. Foram 9.445 notificações, sendo 1050 casos descartados e outros 320 inconclusivos e aguardando resultados.

SAIBA MAIS.:  Intoxicação por comida estragada afeta 230 pessoas em Cancún

Essa varredura será mais um esforço que se soma às ações para a eliminação dos criadouros do mosquito Aedes aegypti. Desde o ano passado, a Vigilância vem trabalhando em campanhas de conscientização, bloqueios casa a casa com aplicação de larvicida, nebulização nos quintais e terrenos, além do fumacê, realizado por meio da viatura que espalha inseticida pelas ruas para matar o mosquito adulto. Paralelamente a isto, a Vigilância Epidemiológica retirou cerca de 150 toneladas de materiais inservíveis e lixo nos mutirões de combate ao mosquito realizados em fevereiro, março e abril, com a utilização de 20 caminhões da Prefeitura e cerca de 300 agentes. Eles percorreram ruas e avenidas dos bairros, nas manhãs de sábado, recolhendo latas, recipientes plásticos, garrafas, pneus, pias, sucatas e outros materiais que poderiam acumular água e servir de criadouro do mosquito. A população colaborou colocando nas calçadas todo o material inservível recolhido dos quintais e terrenos.

SAIBA MAIS.:  Cientistas testarão em humanos vacina de longa duração para HIV

Também foi utilizado um drone para aplicar inseticida e larvicida em uma área abandonada na região da Vila Xavier, no espaço entre a antiga fábrica da Cargill, entre a Vila Santa Maria e a Vila Renata, conhecido como “cemitério de vagões”, já que várias composições ferroviárias estão abandonadas no local.

A varredura será realizada com o trabalho dos apoiadores contra a dengue que estão sendo contratados pela Prefeitura e seu cronograma completo será divulgado em breve.

x