Câmara Municipal

Campo abandonado gera insegurança a vizinhos do Palmeirinha

“A gente vinha assistir jogo aqui, era tudo limpinho”, lembraram saudosos os moradores da Vila Santa Maria ....

O vereador Rafael de Angeli esteve no local ouvindo relatos de moradores

“A gente vinha assistir jogo aqui, era tudo limpinho”, lembraram saudosos os moradores da Vila Santa Maria durante a visita do vereador Rafael de Angeli (PSDB) ao bairro. Os munícipes procuraram o parlamentar para relatar a insegurança que têm vivido com o abandono do campo do tradicional Clube Palmeirinha. “Grandes equipes e jogadores utilizavam esse espaço, tem muita história aqui”, afirmaram.

Diversas finalidades já foram pensadas para o espaço. “Não temos uma praça aqui na região. É um bairro com muitos idosos, seria interessante que algo fosse feito aqui; uma pista de atletismo, equipamentos de ginástica, um campinho de futebol para as crianças”, entendem os moradores, que fizeram um abaixo-assinado pedindo providências para a área que acreditam ser da Prefeitura.

“Precisamos descobrir se realmente a área pertence à Prefeitura para que possamos cobrar uma solução para o local”, alerta Angeli.

Segundo os relatos, foi realizada uma limpeza no campo, mas o entorno ainda tem muito mato alto e há depósito irregular de lixo. Nos antigos dos vestiários, uma cama, roupas, lixos e até um trecho de uma oração indicam que pessoas estão ocupando o espaço. Outra sugestão ouvida foi uma possível demolição dos vestiários para que espaço não seja mal utilizado.

SAIBA MAIS.:  Jayme Franco é homenageado em solenidade na Prefeitura

Roubos e assaltos

Os moradores dizem que a situação traz muita insegurança. “Está perigoso sair de casa. Já foram várias casas roubadas, inclusive durante o dia, no período das 13 às 17 horas. Temos até um grupo de WhatsApp, o ‘Vizinhos do Palmeirinha’, que usamos para avisar quando não estaremos em casa”.

Assaltos também foram registrados. “Outro dia uma moradora desceu do ônibus à noite e foi assaltada por uma pessoa com uma faca. Tem sido difícil viver assim, nos sentimos completamente inseguros”.

“Este local histórico, onde já passaram grandes nomes do futebol, precisa de uma atenção da Prefeitura. As pessoas que moram próximas se sentem inseguras por causa da violência já existente ao redor, além da maioria já ter contraído dengue. Vamos verificar as possibilidades e cobrar ações do Executivo no local”, afirma Angeli.

SAIBA MAIS.:  Cabo Jefferson Moraes recebe Diploma de Honra ao Mérito

Projeto social

A utilização do espaço por crianças de um projeto do bairro também foi sugerida pelos moradores. “É uma associação que oferece atividades para os jovens, e eles com certeza poderiam utilizar aqui, caso fosse dada uma finalidade apropriada para o campo”.

Angeli aproveitou para conhecer a entidade, que é beneficiada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comcriar) e atende crianças de 5 a 14 anos no contraturno escolar. “A Associação Cultural ‘Ary Luiz Bombarda’ conta com oficinas de música, dança e artesanato. As crianças aqui tomam banho, almoçam, também oferecemos café da manhã e da tarde. Realizamos atividades de integração, festas e rifas”, explicou o psicólogo da entidade.

0 comentário em “Campo abandonado gera insegurança a vizinhos do Palmeirinha

Deixe um comentário

x