Esporte

Centro Olímpico conquista o título do Festival Sub-14 de futebol em Araraquara

Sub-14 de futebol

Com gols de Ana Júlia e Milena Ferreira, o Centro Olímpico, de São Paulo, venceu a Ferroviária por 2 a 0 e se sagrou campeão na final do Festival de Futebol Feminino Sub-14, na terça-feira (20), no Estádio Cândido de Barros, no Bosque do Jardim Botânico.

A competição, realizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) em parceria com a Prefeitura, reuniu 13 equipes em dois dias de disputas, com dois grupos de quatro times e um de cinco, em 29 partidas de 20 minutos.

A organização do festival foi elogiada pelo prefeito Edinho, que acompanhou várias partidas e participou da premiação, acompanhado da atleta Andreia Rosa (Ferroviária, Seleção Brasileira e clubes do exterior), da coordenadora de Esportes e Lazer, Roseli Gustavo, e do secretário de Esportes e Lazer, Everson Inforsato, o Dicão.

“É um evento muito importante. É o esporte como inclusão social, construção da cidadania. Parabenizo nossas pequenas guerreiras pela excelente competição e agradeço muito às equipes que vieram e à Federação Paulista de Futebol. Pretendemos organizar mais competições como essa para incentivar o futebol feminino”, afirmou o prefeito Edinho.

SAIBA MAIS.:  Radialista Wilson Luiz, foi homenageado pela Aceesp

Para a coordenadora de Futebol Feminino da FPF, Aline Pellegrino, o festival mostrou avanços técnicos e uma maior participação de equipes de São Paulo e do interior.

“O Festival Sub-14 está evoluindo e as equipes que disputam o Campeonato Paulista Feminino Sub-17, caso de Ferroviária, São José dos Campos, Centro Olímpico, Rio Branco, Inter de Limeira, Audax, Ginga Real e outros, já possuem um bom trabalho de base. A final foi disputada com muito respeito entre as equipes”, afirmou a coordenadora.

O técnico do Centro Olímpico, Douglas Oliveira, elogiou o nível técnico das equipes, principalmente as do interior. “Em São Paulo, jogamos torneios e amistosos, inclusive contra São José dos Campos, mas enfrentar as equipes do interior é mais difícil e o festival dá essa possibilidade. Por ser uma competição com tempo curto, cada jogo teve 20 minutos, optamos em decidir o jogo logo no início e conseguimos vencer o festival”, relatou.

SAIBA MAIS.:  Radialista Wilson Luiz, foi homenageado pela Aceesp

Além de Ferroviária e Centro Olímpico, disputaram o festival: Associação Desportiva Ginga Real (Osasco), Caldeirão FC (Piracicaba) , Tiger Academia (São Paulo), Associação Atlética Internacional (Limeira), São José (São José dos Campos), Prefeitura Municipal de Franca, Rio Branco Esporte Clube (Americana), Bonfim Recreativo (Campinas),  EC Rezende (Piracicaba), Grêmio Audax (Osasco) e Projeto Social 9 (São Paulo).