Cultura Política

Cordas Mágicas

Premiado nacionalmente e com a agenda...

 Buscando aprimorar seu conhecimento e sua técnica com o bandolim, o músico araraquarense Cléber Aparecido Rangel entrou em contato com Hamilton de Holanda, um dos mais renomados bandolinistas do Brasil, para pedir aulas. Holanda explicou que não tinha disponibilidade de agenda naquele momento, mas indicou um “cara muito bom” em Araraquara, chamado Carrapicho. Ou seja: o maior bandolinista do País referendou Carrapicho Rangel para ele mesmo.

Aos 37 anos – 24 dos quais dedicados à música – Carrapicho Rangel, foi, no final do ano passado, um dos vencedores do prêmio Melhores da Música Brasileira: categoria instrumental, ao lado de nomes como Carlos Malta (flautista e saxofonista), Salomão Soares (pianista) e o próprio Hamilton de Holanda. Além disso, ganhou uma entrevista exclusiva, de página inteira, no jornal O Estado de São Paulo, por conta de seu talento descoberto pelo jornalista Júlio Maria, crítico musical do jornal.

Dono de fala mansa, sorriso tranquilo, e muita seriedade ao falar da vida profissional, Carrapicho Rangel entendeu cedo que a paixão pelo futebol não poderia concorrer com o amor pela música. Nascido filho de sambistas, ele assumiu sua vocação ainda na adolescência e, desde então, tem se dedicado integralmente ao estudo musical. Não somente do bandolim, seu instrumento de identidade, mas também do conhecimento de outras áreas profissionais dentro da música, como arranjo, composição, produção. 

 

SAIBA MAIS.:  Fim da obrigatoriedade de simulador para tirar carteira

Num posicionamento “fora da curva” para os garotos de sua idade, Carrapicho começou a tocar com os amigos nos bares de Araraquara aos 14 anos. Logo depois, focou esforços para o ingresso no Conservatório de Tatuí, uma das mais festejadas e conceituadas escolas de música do País. De lá para cá, sua trajetória profissional coleciona projetos variados e a conquista de oportunidades profissionais especiais.

Na edição desta semana do Nossa Gente – programa produzido pela equipe da Secretaria de Comunicação da Prefeitura (SeCom) – Carrapicho Rangel conta um pouco mais sobre sua vida, fala de seus projetos e de seu amor por Araraquara. E você pode conferir na página da Prefeitura no facebook. Além do Nossa gente, a SeCom também produz os programas Viva Cultura, Inteiro Ambiente, Conversa com Prefeito (quinzenais) e Canal Direto com a Prefeitura (diário).

 

SAIBA MAIS.:  AGU cria força-tarefa para garantir investimentos em infraestrutura

Redação

0 comentário em “Cordas Mágicas

Deixe um comentário

x