Cidade Obras Política

CTA implementa acesso para cadeirantes na plataforma da Av. São Paulo no sentido centro

Sistema visa facilitar acesso ao Terminal de Integração

Segundo coordenador de Mobilidade Urbana Nilson Carneiro, sistema visa facilitar acesso ao Terminal de Integração

A Controladoria do Transporte de Araraquara (CTA) anuncia a implantação do acesso para cadeirantes na plataforma da Avenida São Paulo, no sentido centro, no Terminal Central de Integração – TCI.

Foto ilustrativa

Em entrevista na segunda-feira (15) ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’ – no ar de segunda a sexta-feira, às 18h30, via página do Facebook da Prefeitura de Araraquara –, o coordenador municipal de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, falou sobre este novo serviço e outras ações de sua pasta na cidade.

De acordo com Nilson, com o novo sistema, a pessoa portadora de alguma deficiência já dispõe de uma porta específica para adentrar ao TCI. “Basta utilizar o cartão de desbloqueio que a porta abre normalmente, ao contrário de antes da implantação”, explicou.

Numa próxima etapa, será implantado o mesmo serviço na Avenida Portugal, também no sentido centro. “É que estes dois lados das vias São Paulo e Portugal registram a passagem de 90% dos usuários do transporte coletivo da cidade que utilizam o TCI”, disse o coordenador.

SAIBA MAIS.:  Cidade realiza I Conferência Municipal de Política Urbana

Sobre os lados oposto das mesmas avenidas São Paulo e Portugal, Nilson acrescentou que serão instaladas lombofaixas, que também visam facilitar e oferecer mais segurança aos cadeirantes no acesso ao Terminal de Integração.

Painéis e Ouvidoria

Sobre a retirada momentânea dos painéis que informam os horários dos ônibus no TCI, Nilson explicou que os equipamentos passam por serviços de reparação. “Os painéis apresentaram problemas após uma forte descarga elétrica no Terminal”, explicou.

O coordenador de Mobilidade Urbana ressaltou a importância da Ouvidoria do TCI, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. “Duas atendentes registram as sugestões de usuários do transporte coletivo, como a ampliação de uma linha de ônibus, ou reclamações de atraso de horário de ônibus”.

As demandas dos usuários são enviadas à CTA e ao Consórcio Araraquara de Transportes (CAT) para serem analisadas tecnicamente e respondidas no máximo em 48 horas.

SAIBA MAIS.:  Oposição tenta adiar votação de reforma da Previdência na CCJ

Novas guias

Nilson Carneiro também lembrou que há uma grande demanda pelo rebaixamento de guias na cidade visando facilitar a locomoção de pessoas com alguma deficiência, principalmente cadeirantes, ou mães com carrinhos de bebês.

“Estamos providenciando o rebaixamento de guias em mais de 50 pontos da cidade, atendendo várias reivindicações, inclusive do OP (Orçamento Participativo)”, assegurou.

Sincronia

Em breve, a Coordenadoria de Mobilidade Urbana irá implantar o sistema sincronizado de semáforos, a chamada onda verde, nos principais corredores de Araraquara. Este serviço será implementado a partir da instalação de cabos ópticos e de uma central de operação.

Nilson ainda lembrou que a Coordenadoria está corrigindo um erro técnico cometido em anos anteriores, a instalação de semáforos em apenas um lado da via. “Este procedimento contraria manuais de Engenharia de Trânsito e normas do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito”, afirmou. Em muitas vezes, o semáforo único dificulta a visão de motoristas de veículos menores, quando atrás de ônibus ou caminhões.