Cultura

Inscrições abertas para terceira turma de oficina de cartazes por meio de serigrafia

As inscrições gratuitas estão abertas na Casa da Cultura

 As inscrições gratuitas estão abertas na Casa da Cultura, onde até 30 de janeiro estão expostas obras de 74 artistas de 12 países, na Bienal Internacional de Gravura Lívio Abramo

Sucesso de inscrições com todas as vagas preenchidas para a primeira e segunda turma da oficina de cartazes por meio de serigrafia, “A cidade em cartaz” abre a oportunidade para uma terceira turma, a ser realizada no sábado, dia 19 de janeiro. A programação gratuita faz parte da 5ª Bienal Internacional de Gravura Lívio Abramo realizada pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart.

“A cidade em cartaz” tem a orientação de Augusto Sampaio, artista plástico e educador que realizou interferências urbanas e projetos colaborativos em cidades no Brasil e no exterior (Bélgica, Holanda, Polônia e Inglaterra). Entre seus projetos educativos destaca-se a Ação Educativa Extramuros da Pinacoteca.

A oficina será realizada na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa, no dia 19 de janeiro, das 9h30 às 12h30. As inscrições já podem ser realizadas na Casa da Cultura, para maiores de 16 anos (15 vagas), ou pelo fone 3333-1159. Vale lembrar que neste dia 12 também será realizada a oficina, já com vagas esgotadas.

Augusto Sampaio já esteve na cidade e visitou a Bienal: em dezembro ministrou sua oficina para a primeira turma. “A primeira oficina contou com participantes de diferentes idades e profissões. Os trabalhos apresentaram diversas percepções de Araraquara: edifícios, casas e também aspectos simbólicos relevantes da cidade como a figura de uma serpente com um pássaro. Os inscritos manifestaram envolvimento e entusiasmo e mesmo aqueles que num primeiro momento disseram ‘não saberem desenhar’ realizaram imagens de grande qualidade gráfica”.

SAIBA MAIS.:  Feijoada África Brasil celebra intercâmbio musical

Sobre a Bienal, Augusto Sampaio disse ter sido uma surpresa. “Fiquei surpreso com a qualidade e a diversidade das estampas presentes nessa exposição. Há representação de diversos países que contam com forte tradição gráfica, como o México, e a representação nacional é de grande relevância. Todas as técnicas gráficas tradicionais estão presentes, bem como trabalhos experimentais que investigam novas tecnologias e as fronteiras da gravura”, contou.

Para o artista, “as matrizes e a estampa de Maria Bonomi são um presente para ampliar o entusiasmo que essa exposição proporciona ao visitante. E é claro, os trabalhos de Lívio Abramo: mestre incontornável da arte moderna brasileira. O desafio para Araraquara será a realização da próxima edição, pois está claro que esse evento se transformou numa referência para a produção gráfica nacional”.

Mais atividades – As oficinas artísticas oferecidas na programação da 5ª Bienal Internacional da Gravura Lívio Abramo também contam com uma atividade sobre a técnica de xilogravura. As inscrições já estão abertas na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa.

SAIBA MAIS.:  Semana do Sapateado: programação conta com grupo Tap New Generation

A xilogravura é o tema da Oficina “Xilomóvel”, onde os participantes recebem informações breves sobre a técnica e a origem da xilogravura. Partindo de seus próprios desenhos, os participantes gravam uma matriz de MDF e fazem a impressão de cópias em papéis de diferentes gramaturas. Vale lembrar que o Xilomóvel é um atelier itinerante, equipado com todo material necessário para a prática da xilogravura.

O Xilomóvel contará com a participação dos artistas Luciana Bertarelli, Marcio Elias e Simone Peixoto. A atividade acontece na Praça Scalamandré Sobrinho, no dia 27 de janeiro, às 14 horas. As inscrições poderão ser feitas no local. São 25 vagas para maiores de 12 anos.

Vale lembrar que, além das oficinas, a Bienal continua com a exposição composta por obras de 74 artistas oriundos de 12 países, até o dia 30 de janeiro na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa. Ainda, o público poderá apreciar obras de Lívio Abramo, pertencentes ao acervo da Pinacoteca Mario Ybarra de Almeida, além de uma obra da artista homenageada Maria Bonomi.

A inscrição – para quaisquer das oficinas – pode ser realizada na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa, localizada à Rua São Bento, 909, no Centro de Araraquara, ou pelo fone 3333-1159.

Fotos: Imagens da produção realizada pela primeira turma da oficina.