Câmara Municipal Cidade

Merendeira fala sobre desmonte, negligências e assédio moral a servidoras

A merendeira Renata Pereira Barbosa, servidora municipal, falou sobre as comemorações...

A merendeira Renata Pereira Barbosa, servidora municipal, falou sobre as comemorações do Dia do Trabalhador, com ênfase no servidor municipal, durante sua participação na Tribuna Popular da Câmara Municipal de Araraquara, na noite desta terça-feira (7).

Questionou se haviam motivos para se comemorar, pois como merendeira, no ano passado, pediu valorização salarial e melhorias nas condições de trabalho de sua categoria. Sugeriu a implantação de um piso salarial base de R$ 1.300,00, que parece estar sendo contemplado pelo PCCV. “Isso parece um ganho, porém, outros aspectos do plano colocam em cheque nossa renda e não contemplam nenhuma melhoria em nossas condições de trabalho”, garantiu.

SAIBA MAIS.:  Reunião no Daae define área para descarte de resíduos da terraplanagem

Falando especificamente sobre as merendeiras, disse que elas vivem um ano de total desmonte e negligências, pois, o número é insuficiente para desempenhar o serviço. “Tivemos várias servidoras readaptadas pelo SESMT que adoeceram por conta do trabalho e outras tantas que aderiram ao Plano de Demissão Voluntária (PDV). Esse quadro de funcionários não foi reposto, sobrecarregando e adoecendo aquelas que ainda estão nas cozinhas.”

 

Assédio moral da administração

A oradora fez uma grave denúncia de assédio moral, quando expôs situações que, segundo relato de colegas de trabalho, quando questionam ou se recusam a fazer o trabalho nestas condições são ameaçadas e coagidas, “um verdadeiro assédio moral, ora pela administração da pasta, ora pelas diretoras das unidades”.

SAIBA MAIS.:  Pastor João Francisco Santos Cruz recebe Título de Cidadão Araraquarense na Câmara Municipal (com vídeo)

Ao final, fazendo menção ao reajuste salarial e ao PCCV, enviados essa semana para apreciação dos vereadores, disse: “enfatizo que estamos de luto, mas, também estamos prontos para a luta. Não aceitaremos um aumento vinculado a certas condições; não aceitaremos que retirem nosso direito a folgas conquistadas em acordo coletivo e não discutiremos data base em PCCV”, finalizou Renata.

The post Merendeira fala sobre desmonte, negligências e assédio moral a servidoras appeared first on Câmara Municipal de Araraquara.

CM

0 comentário em “Merendeira fala sobre desmonte, negligências e assédio moral a servidoras

Deixe um comentário

x