Obras

Prefeitura avança obra de drenagem no Maria Luiza

A segunda etapa da drenagem, avança com a construção da rede mestra e caixas de passagem no canteiro

A drenagem no Maria Luiza é uma demanda antiga, desde a criação do bairro, na década de 1990

A segunda etapa da drenagem no bairro Maria Luiza, na Zona Norte de Araraquara, avança com a construção da rede mestra e caixas de passagem no canteiro central da Avenida Orlando Schitini.

A nova rede irá direcionar as águas pluviais da parte alta do bairro, captadas por bocas de lobo nas ruas José Augusto de Arruda Botelho, Vincenzo Spoto, Aryano Penteado Simões, Cláudio do Amaral e Paschoal Meaulo, para o córrego do Cupim, segundo o gerente de drenagem e engenheiro agrimensor José Carlos de Campos.

SAIBA MAIS.:  Obras do DAAE somam R$ 6,7 milhões e vão atender mais de 70 mil pessoas

“A drenagem é necessária para evitar enchentes na Avenida Orlando Schitini e também na Rua José Barbieri Neto, na entrada principal do Maria Luiza”, argumenta Campos.

Na primeira etapa, finalizada em novembro do ano passado, foi construída a rede mestra com tubos de 1000 mm, na Avenida Januário de Freitas, no trecho entre as avenidas Orlando Schitini e Sargento PM Vital Maria Bueno Lopes. Essa rede está interligada à ampliação no canteiro central.

Segundo o secretário de Obras e Serviços Públicos, João Luís Bernal, a drenagem no Maria Luiza é uma demanda antiga, desde a criação do bairro, na década de 1990.

SAIBA MAIS.:  Área de lazer no Cecap pode ganhar iluminação pública

“Com muito empenho do prefeito Edinho, e com recursos próprios, estamos corrigindo problemas de infraestrutura que deveriam anteceder a ocupação do bairro”, resume, Bernal.

Além do Maria Luiza, a drenagem contemplará os bairros Cidade Jardim e Parque Planalto.