Cidade Educação Política

Programa da Prefeitura funciona como atividade de educação complementar

Diversas atividades praticadas no CEC Aléscio funcionam como ferramenta de construção de referências

Prática de organização do cotidiano, arte cênica, música e canto, informática, convivência com diversos animais como atividade de construção de referências. Este é o ambiente que a vereadora Thainara conheceu, na tarde da sexta-feira, dia 9, em visita ao Centro de Educação Complementar – CEC Aléscio Gonçalves dos Santos, no Jardim Pinheiros, ao lado do Parque do Pinheirinho.

São 510 crianças de diversos locais da cidade, boa parte dos bairros novos da região norte, como Valle Verde, Jardim do Valle, dos três conjuntos habitacionais do Parque Residencial Laura Molina, Jardim São Raphael, Indaiá; bem como Jardim Pinheiros, Parque São Paulo, Altos de Pinheiros e outros. As atividades ocorrem em horário alternativo ao escolar, nos períodos manhã e tarde, como política pública de natureza educacional e uma possibilidade de ampliação dos universos culturais de seus alunos. As famílias percebem o programa como uma oportunidade rica de aprendizado para seus filhos e como um espaço para formação de hábitos saudáveis, construção de atitudes positivas e de auxílio na educação deles. Tudo isso ambientado em uma unidade de ensino municipal.

SAIBA MAIS.:  ‘Motivos para Correr’ entra no Calendário de Eventos de Araraquara

 

Construindo referências

Na visita, a convite da diretora Ana Paula Franzini Peres, Thainara conheceu todas as instalações, inclusive os animais que estão em uma grande área, como galinhas d’angola, patos, carneiros, bodes, coelhos, ovelhas, bezerro; animais que foram resgatados precisando de cuidados e convivem num ambiente limpo e equilibrado. No local eles ajudam a compor atividades com as crianças, como construção de diversas referências, até mesmo de confiança, e desconstrução de alguns conceitos, fragilidades e percepções que as crianças, principalmente as com alguma vulnerabilidade social, possam ter.

A unidade cumpre ainda um papel social, repassando às crianças de famílias mais necessitadas, roupas que recebe em doação, das pessoas das comunidades no entorno. E esta solidariedade também funciona na construção de referências. As crianças e os 50 servidores municipais que atuam no local, como professores, recreacionistas, merendeiras e outros, tem atividades variadas o tempo todo na unidade.

 

Princípios e valores

Thainara ouviu da diretor e de servidores, que o CEC precisa de algumas manutenções, como reforma de banheiro, alguns pontos do piso interno, e o telhado do telecentro, onde entra água durante as chuvas. A vereadora encaminhou indicação à Prefeitura, pedindo que sejam tomadas providências para atender os pedidos. “Me sinto feliz como agente político e cidadã, em ver o município, a Prefeitura, conseguindo proporcionar atividades educacionais e complementares, com a referência de princípios e valores, para as crianças da nossa cidade. Temos que ajudar estes programas de todas as formas”, concluiu Thainara.

SAIBA MAIS.:  Encerramento do projeto “12 meses de consciência negra”

 

Aléscio

Aléscio Gonçalves dos Santos, que tem nome dado ao Centro de Educação Complementar, no Jardim Pinheiros, foi educador primário, professor e assistente de diretor, até ingressar efetivamente na carreira de diretor de escola, onde atuou por mais de 20 anos, aposentando-se em 1985, em Araraquara.

0 comentário em “Programa da Prefeitura funciona como atividade de educação complementar

Deixe um comentário