Educação

Projeto Parceiros da Escola, da Biologia da Uniara, continua com agendamentos abertos

Na iniciativa, alunos do curso elaboram e ministram atividades gratuitamente em escolas do ensino médio

Na iniciativa, alunos do curso elaboram e ministram atividades gratuitamente em escolas do ensino médio

Os agendamentos para o projeto “Parceiros da Escola”, do curso de Biologia da Universidade de Araraquara – Uniara, continuam abertos. Na iniciativa, a graduação oferece a escolas de ensino médio, palestras e atividades práticas gratuitas voltadas à área, elaboradas por estudantes do curso. Conforme a demanda dos professores, que escolhem o tema, os graduandos desenvolvem trabalhos e os apresentam, tanto nas instituições que fazem a solicitação quanto na Uniara, por meio de visitas à universidade.

O ex-aluno e técnico de laboratório, Eduardo Donato Alves, que é um dos idealizadores do projeto, explica que o objetivo é “levar uma parte prática, com experimentos, animais conservados etc, para as escolas”. “No ensino público, por exemplo, há muita teoria e pouca prática, necessária para que conheçam mais sobre determinado assunto e ‘sintam o gosto’ da biologia”, comenta.

SAIBA MAIS.:  Alunos de Fisioterapia visitam a Reatech, em São Paulo

Além de proporcionar o aprendizado aos jovens, a atividade agrega bastante valor ao currículo do graduando, de acordo com ele. “Como o curso de Biologia oferece a licenciatura, é uma oportunidade de estarem na frente de uma sala de aula e de conversarem com alunos das escolas, que gostam do que acompanham, sendo que, muitas vezes, há conteúdos que nunca viram”, destaca.

A coordenadora da graduação, Teresa Kazuko Muraoka, reforça que os estudantes de licenciatura “precisam praticar, e a melhor forma é aprendendo a planejar uma boa aula e ministrando-a”. “Essa iniciativa partiu deles, que tinham interesse em ‘sair’ das salas de aula.

SAIBA MAIS.:  Advogado da União pede liberdade com responsabilidade em universidades

Além das atividades desenvolvidas, eles também explicam para os alunos das escolas onde o biólogo pode atuar. Muitos pensam que apenas lecionam ou pesquisam, mas existe uma gama muito maior de opções”, ressalta.

O “Parceiros da Escola” serve de auxílio para os docentes que escolhem o assunto que será tratado, segundo a docente. “Muitas vezes, esses professores querem trabalhar, dentro do devido conteúdo programático, mas como a escola não tem a infraestrutura necessária, não conseguem fazer isso de maneira eficiente, e nos procuram. Então, analisamos a viabilidade de irmos ao local ministrar as atividades ou de recebermos a visita deles”, finaliza.

x