Política

Semanalmente, 500 cestas de hortifrútis serão entregues a famílias cadastradas nos Cras

PMAIS (Programa Municipal da Agricultura de Interesse Social) 🍎🍐🍉🍑🍇

Durante o lançamento do PMAIS (Programa Municipal da Agricultura de Interesse Social), nesta sexta-feira (3), no Cras (Centro de Referência da Assistência Social) do Jardim das Hortênsias, o prefeito Edinho reforçou que a Prefeitura deve estar ao lado das pessoas que mais precisam.

A partir do lançamento do programa, a política de distribuição de cestas de hortifrútis (frutas, verduras e legumes) será fortalecida: são 500 cestas a serem entregues, semanalmente, a famílias carentes cadastradas em todos os Cras de Araraquara.

“As pessoas não precisam ter vergonha de precisarem da Prefeitura. Muita coisa acontece na vida das pessoas e elas acabam precisando do apoio da Prefeitura. O maior sentimento que um ser humano pode ter é a capacidade de se colocar no lugar do outro. Muita gente está passando por dificuldades, e a Prefeitura tem de ajudar quem precisa”, afirmou o prefeito.

“Se não alguém não consegue se colocar no lugar de uma mãe que não tem o que colocar na mesa para o filho comer, essa pessoa não pode ser chamada de ser humano. Enquanto eu for prefeito, a Prefeitura vai estar ao lado de quem precisa”, destacou Edinho.

SAIBA MAIS.:  Senadores querem veto ao PL de reforma eleitoral e reclamam da rejeição de nomes ao CNMP

Organizado pela Coordenadoria de Agricultura (vinculada à Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico) e pela Coordenadoria de Segurança Alimentar (da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social), o PMAIS leva alimentos de qualidade à mesa da população e também ajuda os produtores rurais, já que os hortifrútis são comprados dos agricultores familiares.

A dona de casa Paula Aparecida Régis da Silva foi a primeira pessoa a buscar sua cesta de alimentos e agradece à Prefeitura. “Esse programa ajuda muitas famílias a matar a fome de muitas crianças e familiares. Para mim e para meus netos, é muito importante”, relatou.

Em nome dos agricultores, Antônio Aparecido Vasconcellos também agradeceu. “É um programa que vai beneficiar a todos. É uma renda a mais para o agricultor incrementar sua produção. Além disso, promove qualidade de vida e cuida da população”, opinou.

Superação
Emocionada, a coordenadora de Agricultura, Silvani Silva, contou a história de vida de sua família. “Meu pai nunca me deixou passar fome, mas cheguei próximo dela. Só quem esteve perto da fome sabe a dor que é passar fome. Ninguém neste mundo merece passar fome”, destacou.

O coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta, citou a situação de desemprego e pobreza enfrentada no País e em Araraquara. “Há um avanço da fome e da miséria. Esse programa é mais uma estratégia no combate à fome, e com alimentos de qualidade”, afirmou.

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa, declarou que as famílias têm o direito a uma alimentação de qualidade. “As cestas trazem qualidade e saúde. É direito de vocês terem uma alimentação saudável”, opinou.

Mesma opinião do vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto. “Trabalhar para combater a fome é um dos pilares da atual gestão. Esse programa proporciona comida de qualidade na mesa das nossas famílias”, analisou.

Ainda estiveram no evento a gestora do Cras do Hortênsias, Sueli Aparecida Stivanato, e secretários e coordenadores municipais.

X